We love Nova York!

Uauuu, 2014 foi um ano intenso. Como já dito anteriormente, tinha adquirido meu voucher para NYC no mês de junho. Pode parecer clichê, mas aquele ano passou muito rápido. Muitas coisas aconteceram, amadurecimento sentimental, profissional, fechamento de um ciclo, começo de outro… trabalho novo, cidade nova, novos amigos. Tudo acontecendo em uma velocidade tão rápida que as vezes não existia a possibilidade de assimilar todos os fatos. De repente, Dezembro… FÉRIAS! Como todo Natal, comilança em família e ano novo pelo mundo. Ainda naquele clima natalino embarquei para New York, tudo planejado, pago e reservado. Goiânia, 26 de dezembro de 2014, voo G3 1441 já sinalizava embarque iniciado, eu e outro grande amigo (Eudem) embarcávamos para Guarulhos, rumo a grande maça. Empolgados? Muito!!! Já em Guarulhos, nos dirigimos para a sala VIP a fim de perder algumas horas com um espumante. Felizes e risonhos um pouco além da conta, decolamos as 22:10h no voo DL 0472 operado pela Delta. Foram 10h até sentir o touchdown em solo americano.

Aeroporto JFK 05:20h (ao som de Shake it off – Taylor Swift), era madrugada quando pousamos, porém as luzes já me chamavam atenção. Nova York não estava fria, estava gélida. Temperaturas abaixo de zero nos aguardava do lado de fora da aeronave. Após passar pela imigração e pegar as malas, já sentia o clima “nova-iorquino de ser”, pessoas bem vestidas, de passo largo, com um certo tom de seriedade. Com o tempo descobri que a melhor classificação seria pessoas multitarefas, smartphones em uma mão e um copo XXL de café na outra. Em uma comparação muito errônea, podemos disser que seria um paulistano que deu certo.

Minutos depois já estávamos dentro de um taxi seguindo para o hotel. Nos hospedamos em Long Island. Devido as festas de fim de ano torna-se impossível para um mortal pagar uma acomodação na “big apple”. Por sugestão de um grande amigo (Ricardo) reservamos um quarto no Q4 Hostel, ao lado de uma estação de metrô e com a facilidade de 10 minutos do Central Park. Não tivemos problemas com a acomodação, confortável, com aquecedores e banheiro bom, único problema é a falta de café da manhã. Solucionamos rapidamente esse incômodo com Dunkin Donuts. Acomodados, nos juntamos com os demais amores que já estavam em NYC, no caso, Abelardo, Erika e Bruno. Iniciamos os trabalhos pela visita clássica ao Grand Central Terminal, seria só uma visita básica, porém o impulso me vez trocar de iPhone nas primeiras horas de NYC, pronto iPhone 6 lindo e novo nas mãos, seguimos a diante com nosso roteiro.

Caminhar por Nova York no inverno era uma cena tão mágica, que as vezes não podia acreditar que estava vivendo aquilo. Mas o vento frio que me cortava, fazia sentir que tudo era real.  Agradeci a Deus por vivenciar aquela oportunidade. Aos poucos a sensação de facilmente encontrar paisagens tão admiradas na minha infância e adolescência, tornaram-se realidade a cada esquina. Foi incrível. Chegando na NY Public Library fica fácil de entender o porquê é tão sugerida nos blogs de viagem. Um ambiente maravilhoso, repleto de histórias… inclusive cenas de Sex and the City com a Carrie “…suspiros”. Toda vez que entravamos e saíamos de um ambiente, aquele choque térmico, frio com vento de cortar o rosto… vista-se bem para o inverno nova-iorquino, é realmente FRIO.

Nas proximidades encontra-se o Bryant Park, local que ainda está fresco na minha memória. Nada mais lindo que admirar aquela pista de patinação ao meio dos prédios modernos de Manhattan. A mesma sensação ocorreu quando estávamos no Rockefeller Center. Como não lembrar de “Esqueceram de mim”, daquela cena final onde a mãe do Kevin o encontra próximo a árvore de natal e aos anjos… são coisas tão vivas em nossa memória, que nem precisamos parar para pensar, é automático.  Não deixe de ir na St Patrick Cathedral e Radio City Hall que estão bem próximos a essa região. No fim da tarde, subimos ao Top of the Rock para o pôr do sol, não preciso descrever muito né? Um espetáculo, admirar a magnitude daquela cidade concretada com uma obra da natureza. É uma visão 360 da cidade, vale muito a pena. Recomendadíssimo. Terminei a noite no formigueiro chamado Times Square. Barulho, muvuca, luzes e centenas de pessoas em um só local, a melhor experiência é arrumar um restaurante, com vista para Times Sq. Confie em mim, admirar a paisagem de cima é melhor do que participar dela. Hahahaha.

Nova York é o tipo de cidade que nunca te permite reclamar sobre o que fazer. Sempre em mudança, as atrações são inúmeras. No dia seguinte, seguimos rumo a uma outra zona, para conhecer o centro financeiro da cidade. Bowling Green – Wall Streat – Trinity Church estão praticamente coladas uma na outra. Com um café na mão seguimos de metrô para o Memorial 9/11. Impossível não se emocionar com a magnitude daquela tragédia. Compre as entradas com antecedência. Sedentos e com fome paramos em um Starbucks para beliscar algo, afinal ainda tínhamos muita coisa para fazer em curtíssimo espaço de tempo.

High Line Park, esse lugar… ai ai ai, pode comprar um apto é mudar? Hahahaha. Considerado uma das regiões mais caras da cidade, é o ponto de encontro de todas as tribos. Bares e lojas moderníssimas em um ambiente totalmente arquitetônico e descolado. Paramos para almoçar na Artichoke Basile’s Pizza, uma pizzaria praticamente dentro do parque. Depois de alguns pedaços de pizza e algumas tacinhas de vinho tinto, fomos conhecer a região… Paramos no Chelsea Market, perdemos mais algumas horinhas por lá, desfrutando do cheiro e do paladar que aquele local oferece. Cheios? Sim. Super satisfeitos, continuamos nossa saga pela cidade, agora fazendo que todo brasileiro gosta, compras. Como estávamos em uma região mais descolada da cidade, fomos conhecer as lojas locais e aproveitar a época de descontos que a cidade estava. Resultado disso tudo? bons frutos.

Cansados após alguns quilômetros percorridos durante o dia, o único local que todos desejávamos era HOTEL. Nada melhor que descansar, tirar as parafernálias de frio e tomar algo bem quente para aquecer o corpo.

No dia seguinte, 31 de dezembro – Ano Novo em Nova York.

 

 

Advertisements

1 Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s